web_alecrin

Primeiramente eu gostaria de agradecer a todos os Pais-, Mães-, Filhos- e Filhas-de-Santo anônimos que participaram do estudo no NYGB, e as inúmeras pessoas que de alguma forma contribuíram para a realização deste trabalho.

 

Meu agradecimento especial ao Babalorixá Paulo Bispo, Mãe Rosa de Oyá, Jacqueline de Vita (iaô Oiázin), ogan Kiki da Bahia, Sandra Fachini, Remi Ogungbe, C. Daniel Dawson, Henrique B., Dr. Michael J. Balick, Dra. Maria Thereza Lemos de Arruda Camargo, Dra. Sarah K. Khan, Victor Loureiro e Janlou de Amicis, pois sem estas pessoas eu não teria encontrado nem aprendido tanto sobre o Candomblé.

 

Muitíssimo obrigada ao Manny Vega por, ao perceber meu lado artístico latente, ter me dado a idéia e incentivo de transformar o meu estudo em um livro com minhas próprias fotos e desenhos. 

 

Finalmente, muito obrigada aos funcionários do Consulado Geral do Brasil em Nova Iorque, Saint Lazarus Botanica, African Paradise, Almacen y Botanica Ochun e La Casa de las Velas.