• Nome cientifico: Amaranthus sp., Amaranthus retroflexus e Amaranthus hybridus

 

  • Nome em português: Tete, bredo, caruru (em algumas regiões do Brasil)

 

  • Nome em espanhol: Bledo, bledo blanco

 

  • Nome em inglês: Redroot amaranth, redroot pigweed

 

  • Onde pode ser encontrado: Espécies distintas de bredo foram identificadas. Algumas podem ser encontrados em botánicas (Amaranthus hybridus e Amaranthus sp.) com o nome de ‘bledo’ ou ‘bledo blanco’. Ao mesmo tempo, existe uma outra espécie crescendo em áreas verdes na cidade (Amaranthus retroflexus). As fotos ao lado referem-se ao Amaranthus hybridus encontrado em botánicas.
  •  Substituição de espécies:

Mais um exemplo de substituição, desta vez por espécies altamente semelhantes. O tipo de bredo mais comumente usado no Brasil é o Amaranthus viridis, o qual é diferente daqueles encontrados em Nova Iorque.

A identificação das espécies do gênero Amaranthus é complicada. No Brasil mesmo, várias espécies de Amaranthus são conhecias como bredo ou caruru. Aqui nos EUA a situação não é diferente. Portanto, discuta a identificação e uso destas plantas em detalhe com seu Pai- ou Mãe-de-Santo.

A identidade científica do ‘bledo’ que encontrei nas botánicas variou bastante. Apesar destes estabelecimentos sempre terem ‘bledo’ em estoque, as espécies nem sempre eram as mesmas. Em algumas ocasiões, a espécie disponível era o Amaranthus hybridus e em outras, uma outra espécie de Amaranthus, a qual não pude identificar, isto é Amaranthus sp.

Um outro tipo de bredo, o Amaranthus retroflexus pode ser encontrado crescendo em áreas verdes da cidade durante meados da primavera até final do outono. Entretanto, notem que é possível que existam outros tipos de bredo não coletados crescendo em áreas verdes também.

Substituições de espécies que não são mais disponíveis por outras semelhantes foi um dos principais estratagemas usados pelos Iorubas e outros Africanos para se adaptarem à flora do Brasil. Por favor note que a substituição de uma espécie por outra não é necessariamente errado. As vezes, é a única forma de evitar que um conhecimento acabe sendo erradicado, o que pode acontecer quando há falta de material vegetal.

Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou comentários deixe sua mensagem abaixo. Somente textos relacionados a plantas serão aceitos. 

Também não serão publicados ou transmitidos quaisquer materiais que viole ou infrinja os direitos de terceiros, ou que sejam ameaçador, abusivo ou que possam ameaçar a privacidade alheia.

Leave a Reply